Google+ Followers

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

Dicas de uso do Google

Dicas de uso do Google

Agora que falamos de dicas para utilizar as sete estratégias do marketing digital, vamos falar
sobre algumas ferramentas que facilitam a pesquisa e o monitoramento da Internet para o seu negócio.
O Google possui uma infinidade de ferramentas, mas muitas delas não são práticas para o uso no marketing digital, ou porquê são muito técnicas, ou porquê são mais úteis para determinado nicho de mercado. Para usar o Google, melhorar a posição do seu site nas buscas, e monitorar suas ações de marketing digital, você pode começar seguindo estas dicas, e implantando já cada uma das ações a seguir:
Use o iGoogle
O iGoogle (www.google.com.br/ig) é um painel de controle do Google, que substitui a página 
principal do Google quando você cria sua conta nele. 
Assim crie uma conta Google, ou use sua conta de Gmail. Configure uma página inicial que permita 
que todo dia pela manhã você se informe sobre o que acontece na Internet. É isso que o iGoogle faz 
de melhor. Inclua widgets (pequenos aplicativos do iGoogle) de seu jornal preferido, de um ou mais portais de seu ramo de atividade, da previsão do tempo em sua cidade e dos feeds dos blogs mais importantes ligados a seu setor.  
Use também os widgets do Facebook, do Orkut, do Twitter, e outros que facilitem seu acesso às informações das redes sociais. Use as buscas do Google para medição Uma vez a cada quinze dias pesquise as palavras-chave mais importantes para que seu consumidor e seu negócio. Encontre a posição de sua empresa na busca, e a posição dos seus concorrentes.
Mantenha um registro por escrito dos resultados para saber se sua visibilidade está melhorando ou piorando.
Lembre-se que sua posição nas buscas ajuda em muito a atrair novos visitantes para o seu site. 
Ela depende do seu site, do seu marketing de conteúdo e de seus visitantes, mas também das ações dos seus concorrentes. Você pode estar fazendo tudo certo, mas seu concorrente pode estar fazendo melhor. Assim monitore pelo menos duas vezes por mês as buscas para saber a sua posição e tomar as providências necessárias.
Crie um enxoval mínimo
Certifique-se de utilizar todas as ferramentas básicas de divulgação oferecidas pelo Google, e faça o mesmo com seus similares no Bing e o Yahoo. Use o Google Maps (www.google.com.br/maps), com o endereço e descrição da sua empresa e filiais. Use o Google WebMasters Tools (www.google.com.br/webmasters), que lhe dá preciosas informações de como o Google enxerga o seu site.
Tenha um arquivo sitemap.xml (www.sitemaps.org), que facilita as buscas do Google. Se você não sabe como fazer isso, consulte o Google ou seu Web Designer.
Você não precisa ser técnico, apenas solicitar a seu webmaster que garanta o uso dessas ferramentas.
Acompanhe e aprenda. Peça um relatório semanal do Google Analytics (www.google.com.br/analytics) de seu site e mantenha o hábito de analisá-lo. Você aprenderá muito sobre seu público consumidor.
Mas é importante fazer isso periodicamente, e sempre. Assim você vai se familiarizar com as informações, e vai entender melhor como analisá-las e qual o significado de cada uma.
Tenha especial atenção a estas três informações dizem muito a respeito do seu marketing digital:
• O número de visitantes únicos.
• O número médio de páginas por visita.
• O tempo de permanência no site.

Nenhum comentário:

Postar um comentário