Google+ Followers

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Dicas de Marketing Viral



Dicas de marketing viral

O marketing viral é o conjunto de ações de marketing digital que visam
criar repercussão, o chamado buzz, o boca a boca, uma grande repercussão
da sua mensagem de uma para milhares ou milhões de pessoas.
É uma poderosa ferramenta que permite atingir muitas pessoas na Internet, 
e propagar sua mensagem.
No efeito viral, você transmite sua mensagem para um grupo de pessoas,
chamados usuários alpha, que por alguma motivação, retransmitem esta
mensagem para outras pessoas. Se na média cada pessoa transmitir a
mensagem para mais do que uma pessoa, então acontece o efeito viral.
Vou dar um exemplo. Se cem pessoas iniciais, transmitem cada uma, no
dia seguinte, a mensagem para outras duas, e estas fazem o mesmo no
próximo dia, em uma semana sua mensagem atingir mais de doze mil
pessoas. Mas o mais interessante é que se o efeito viral permanecesse
nesta média, em um mês sua mensagem acabaria atingindo mais de 50
milhões de pessoas. Este é o efeito viral.
O efeito viral sempre existiu. Todo negócio se beneficia muito da indicação
boca a boca, de um cliente atual para um novo cliente. Mas na Internet ele
ganhou abrangência e velocidade. Isso transformou o efeito viral em uma
ferramenta viável de marketing.
Quase todos os grandes sucessos da Internet, do Hotmail ao Twitter, se
beneficiaram do efeito viral. Mas o mais interessante é que você pode criar
ações de marketing viral para alavancar os seus negócios.
O marketing viral envolve criatividade, e um bom conhecimento dos
valores e do comportamento do seu consumidor. As ações virais geradas
criam exposição da sua marca, e para as pequenas empresas pode ser
uma grande ferramenta de divulgação na Internet, criando um diferencial
competitivo.
É preciso entender também os três grandes grupos de motivações que
levam ao efeito viral:
• Funcional: O uso do produto leva ao efeito viral. É o caso do Hotmail.
Cada pessoa que usa o Hotmail, acaba propagando seu uso, pois
junto com o email vai o famoso rodapé, avisando que o Hotmail é
gratuito e que qualquer um pode se cadastrar. A motivação funcional
pode ser explorada em novos produtos, principalmente ligados aos
serviços web e de software.
• Pessoal: A pessoa tem algum interesse pessoal imediato. É o caso
dos programas de afiliados, como o da Amazon, onde blogueiros
colocam banners da loja virtual em seus blogs, e ganham uma
participação nas vendas. Toda vez que um blogueiro vê este tipo de
banner, acaba se interessando e colocando em seu blog.
• Emocional: A pessoa sente uma emoção, positiva ou negativa, forte e
por isso manda a mensagem para outras pessoas. É o caso da VW
Fun Theory, uma campanha viral do fabricante alemão que visa criar
projetos divertidos para estimular pessoas a tomar atitudes
sustentáveis.
Assim sempre que for criar uma ação viral, você terá que definir qual
destas motivações você irá trabalhar. Uma típica campanha promocional
nas redes sociais não gera efeito viral algum. Mas uma campanha onde
quem ganha é que trouxer mais visitas, ou cadastros, ao site da
campanha, utiliza uma motivação pessoal forte, e pode criar um efeito viral.
Como o marketing viral é uma ferramenta fundamental para o crescimento
dos negócios, você deve utilizá-la sempre que possível, e você pode
começar seguindo estas dicas, e implantando já cada uma das ações a
seguir.
Entenda seu consumidor e descubra nichos
Você tem que aprender a implantar ações virais que tenham a cara do seu
negócio e sejam adequadas a ele. Assim para começar, pense em um
nicho de mercado que você pretende atingir, mas para o qual ainda não
criou uma estratégia clara de divulgação, ou encontra dificuldades de
acesso. Este é um ótimo candidato para você começar a trabalhar com o
marketing viral.
Pesquise esse nicho e qual mídia social na qual o público deste nicho está
mais presente. Esta é a mídia social ideal para sua primeira ação de
marketing viral.
Se você tiver dificuldades para determinar esta mídia sociais, então
simplifique e escolha uma grande mídia social, como o YouTube ou o
Twitter.
Escolhido o nicho e a mídia social, você terá que criar uma ação viral inicial
utilizando as dicas a seguir.
Crie ações de marketing viral
Pesquise no Google três ações de marketing viral, feitas para nichos
semelhantes ou próximos ao que você pretende atingir.
Com seu material de pesquisa, faça um brainstorm (uma reunião de
geração de ideias) com no mínimo cinco pessoas para criar ideias de
campanhas virais. Se não tiver esta equipe, ou uma agência, convide
clientes, amigos e fornecedores.
Comece apresentando o nicho, as mídias sociais e as ações de marketing
viral coletadas na pesquisa.
Procure sair desse brainstorm com no mínimo uma ação de marketing
viral, que você considere surpreendente, com a definição da mídia, da
rede social, de como semear e de quem são os usuários alfa.
Procure utilizar uma promoção, um vídeo, ou animação em Flash como
peça viral para sua primeira ação de marketing viral. Eles são mais fáceis
de produzir em seu primeiro trabalho. Produza tudo com atenção aos
detalhes.
Seja criativo e faça algo que lhe dê orgulho. Se quer um exemplo
imediato para entender o que estou falando, procure no YouTube “Will it
Blend?”. É disso que estamos falando.
Divulgue a peça viral
Semeie sua ação de marketing viral, ou seja, coloque-a na mídia sociail
escolhida. Isso quer dizer, subir o video no YouTube, colocar o link do
regulamento no Twitter, ou algo assim.
Trabalhe os usuários alfa, ou seja, avise um grupo mínimo inicial sobre seu
vídeo ou promoção, para que eles possam conhecer a ação. Por favor, não
chame de ação viral. Apenas envie mensagens falando sobre o vídeo, ou
tuite a promoção com um link para o regulamento.
E finalmente, acompanhe a ação. É fundamental acompanhar o início da
ação viral para tirar dúvidas, e corrigir erros. Se a ação não está bem
planejada ou desenvolvida, surgirão duvidas e críticas imediatamente ao
seu lançamento. Pondere e faça mudanças se você achar que podem
melhorar a ação e o efeito viral.
Aprenda com tudo isso
Aprenda com essa experiência, e com suas ações de marketing viral.
Se a campanha de marketing viral não decolou e não gerou um retorno
expressivo, entenda por quê e analise com atenção para acertar na
próxima.
Se for satisfatória, você está de parabéns: siga em frente.
Se for muito boa, faça um “making of” e divulgue-o para que outros
possam se inspirar.
A divulgação de um caso de uma ação de marketing viral de sucesso
pode ser em sí uma nova ação de marketing viral. Muitos jornalistas,
publicitários e estudantes podem ter interesse em conhecer e publicar
textos a respeito.

4 comentários:

  1. eles me dar um treinamento gratuito,mas tenho que ter cartão de credito e eu ainda não recebi pra pagar as faturas,resultado,não vou porra de treinamento gratuito uma ova,ninguem da nada de graça pra ninguem,fiquei decepcionada,desculpa o palavr]ao !!!

    ResponderExcluir
  2. eles me dar um treinamento gratuito,mas tenho que ter cartão de credito e eu ainda não recebi pra pagar as faturas,resultado,não vou porra de treinamento gratuito uma ova,ninguem da nada de graça pra ninguem,fiquei decepcionada,desculpa o palavr]ao !!!

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir